sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

O fundo do poço tem trilha sonora

"Eu sei que vou te amar, por toda minha viiiiida vou te amaaaaaar". Essa música está me perseguindo, sério. É a Maysa, o rádio, o cara do andar de baixo... Me peguei no ônibus cantarolando "deseperadamente eu vou te amaar" e as lágrimas entupiram meus olhos. Pra chorar ouvindo isso, só no mesmo momento em que eu choro vendo Luciano Hulk. Pois é, minha gente, esses momentos existem. Mas, poxa, a mulher tinha 47 filhos, era lindo. :~
Outra que eu não aguento mais ouvir - morra, novela: "que beijinho doce que ele teeeem!". Ai, é tão bonitinha. Sim, dei um mergulho na infelicidade e estou bem assim! Menos quando todos meus colegas de trabalho me viram chorar e ir pro banheiro na altura do "nunca maaaais amei ninguém". Enfim, era um cisco no olho, juro!
Despeço-me agora. E só volto a postar aqui quando músicas infernais sairem do meu cérebro.

...perguntaram pra mim... se ainda gosto delaaaaaaa.....

2 comentários:

Mila disse...

hahaha
Essas músicas cretinas entram na nossa mente e cuuuustam a sair, mesmo.
Obrigada pelo comentário lá no meu blog. Sempre leio o teu. =)

beijoo

Walter Lorenzo disse...

bah, a mulher dos 47 filhos foi foda.